COFCO International está entre as 23 maiores empresas do Brasil

A COFCO International está presente mais uma vez no ranking das maiores empresas do Brasil. O anuário “Valor 1000” traz as melhores empresas em 26 setores, além de apresentar o ranking das 1000 maiores companhias do país.

O indicador, divulgado nesta semana, é realizado pelo jornal Valor Econômico, em parceria com a Serasa Experian e o Centro de Estudos em Finanças da EAESP/FGV-SP. Os resultados da atual edição foram consolidados a partir da análise de 1.102 balanços do exercício de 2020.

A COFCO International está em 23º lugar no ranking atual, um resultado superior ao 34º lugar em 2019. No setor “Alimentos e Bebidas”, a COFCO está no TOP 10, alcançando o 7º lugar.

https://especial.valor.com.br/valor1000/2021

You might also like

COFCO International adquire Certificação RTRS para sua originação de soja responsável no Brasil

A COFCO International recebeu a certificação RTRS para suas unidades no Brasil, assegurando que a soja originada, processada e comercializada pela empresa no País é oriunda de fornecedores certificados e que produzem soja de forma responsável, atendendo a rígidos critérios sociais e ambientais, com zero desmatamento e zero conversão. A certificação abrange as unidades de armazenamento e processamento de soja da empresa, bem como suas operações em terminais portuários e escritórios comerciais.

Imagens de satélite desempenham um papel importante na construção de uma cadeia de abastecimento sustentável de soja

Para criar uma cadeia de abastecimento livre de desmatamento, a informação é fundamental. E quando se trata de soja, isso significa entender o que está acontecendo no campo, tanto o quadro geral quanto os pequenos detalhes em cada etapa do caminho.

COFCO International diz apostar na sustentabilidade para impulsionar o crescimento da oferta agrícola

“A Sustentabilidade e a Tecnologia irão moldar, em grande parte, a forma como os países abordam sua agricultura”, afirma Marcelo Martins, vice-presidente e líder da divisão de grãos e oleaginosas da COFCO International. Essas e outras considerações foram feitas pelo executivo durante um painel de discussão na Conferência FT Commodities, organizada pelo jornal Financial Times.